Pgina Inicial Termos de Servios Novo Cadastro
E-mail: 
Senha: 
 
--- ou ---








Campanha em apoio a Alex Silveira terá exposição de fotos

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado de São Paulo (ARFOC) continuam empenhados em tentar revogar a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo que considerou culpado o  repórter fotográfico Alexandro Wagner Oliveira da Silveira (Alex Silveira) por ter seu olho perfurado por um tiro de bala de borracha disparado pela Tropa de Choque da PM em incidente ocorrido durante manifestação dos professores na avenida Paulista, em 2000.

Entre as atividades que as entidades pretendem realizar para sensibilizar as autoridades (e, sobretudo, as instâncias superiores do Judiciário) está a realização de exposição de fotos das agressões sofridas pelos jornalistas no exercício da profissão. As fotos também serão divulgadas no jornal Unidade, órgão oficial do Sindicato. Se você possui em seu acervo fotos dessa natureza e queira participar deste projeto em apoio ao Alex Silveira, deve enviá-las para o e-mail da Arfoc-SP ( arfoc-sp@arfoc-sp.org.br) , com a devida identificação.

Em encontro realizado na noite de ontem (15) foi criada a campanha “Somos todos Culpados”. O movimento em solidariedade ao Alex Silveira ganhou grande repercussão e forte adesão e solidariedade de várias entidades, entre as quais a CUT-SP, APEOESP, Sindicato dos Advogados, Advogados Ativistas, Abraji, entre outras. O presidente do SJSP, José Augusto de Camargo (Guto), disse que a decisão do Tribunal de Justiça paulista lembra os piores anos da ditadura militar. “É uma decisão que está a serviço do que existe de mais retrógrado na política brasileira, que é a proteção à violência praticada pelos agentes do Estado”, afirmou.

FIJ e FEPALC

A decisão de culpar o repórter fotográfico por ter recebido o tiro de bala de borracha partiu dos desembargadores Vicente de Abreu Amadei e Sérgio Godoy Rodrigues de Aguiar e do juiz Maurício Fiorito, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que consideraram que o jornalista não deveria estar no local dos tumultos. O SJSP e a Arfoc divulgarão em breve um manifesto, que também será enviado à Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ) e Federação dos Jornalistas da América Latina e Caribe (FEPALC), além de protesto formal junto à Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

Todo repórter fotográfico está sendo convidado a utilizar o tapa olho da campanha “Somos todos Culpados”, que pode ser adquirido na Arfoc e no SJSP, nas coberturas, sobretudo da campanha eleitoral. Também será criada a hashtag #somostodosculpados e será realizado ato no dia 18, às 19 horas, na praça Rooselvelt para divulgar a campanha junto à população.






Copyright 2019 Comguia.
Todos os direitos reservados.